07/07/2017

Centro de Estudos Ameríndios - Banco de Dissertações e Teses Americanistas


O levantamento das dissertações e teses contidas neste banco bibliográfico começou a ser realizado no contexto do Programa Nacional de Cooperação Acadêmica (PROCAD) intitulado "Paisagens Ameríndias. Habilidades, Mobilidade e Socialidade nos Rios e Cidades da Amazônia",
parceria firmada entre o Programa de Pós-Graduação de Antropologia Social da Universidade de São Paulo e o Programa de Pós-Graduação de Antropologia Social da Universidade Federal do Amazonas, financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Este levantamento foi continuado pelo Centro de Estudos Ameríndios, com o intuito de reunir a produção relativa ao campo do americanismo. Como desdobramento desta primeira etapa, foi feito um recorte da área de Antropologia e Etnologia Ameríndia, restringindo-se às monografias e teses sobre as terras baixas sul-americanas.

O CEstA pretende fazer um levantamento sistemático desta produção, ampliando também para as áreas de História, Arqueologia e afins, assim como, numa etapa seguinte, ampliar para pesquisas sobre indígenas nas Américas, extrapolando as fronteiras brasileiras. Em momento oportuno divulgaremos material atualizado, com novas dissertações e teses disponíveis.






Receba nossas postagens diretamente no seu celular. Basta enviar uma mensagem pelo WhatsApp com seu nome para - 55 91 981827693, e pronto. 

Posts Relacionados Plugin for WordPress, Blogger...

Públicidade


 "Na idade média, o homem reza antes de sair de casa, hoje ele lê o jornal"   O último discurso de Martin Luther King,   Inauguração do Metrô de Mescou, 1935 
Diferencia entre los mayas y aztecas O Tráfico de escravos do Atlântico em 2 minutos. A Serpente emplumada, a história de Quetzalcoatl

Mais Vídeos AcervoPlay