Pesquisar no Acervo Histórico

13/04/2018

Renato Venancio - O Incorreto no Guia politicamente incorreto da história do Brasil


O Incorreto no Guia politicamente incorreto da história do Brasil
Renato Venancio

Resenha do livro: Guia politicamente incorreto da história do Brasil. 2 ed. São Paulo: Leya, 2012. (Primeira edição em 2009), versão ebook.





Apresentação

A leitura de livros de História permite uma compreensão mais profunda do presente. 

O que se pensa a respeito do passado orienta decisões atuais e futuras. Daí a importância de se criticar o livro “Guia politicamente incorreto da história do Brasil”, que apresenta grave s deficiências de pesquisa e interpretação. 

Cometer erros não é grave, todos que escrevem estão sujeitos a isso. O problema realmente grave é que nesse livro a História está a serviço da propaganda de preconceitos.

 Já foram feitas análises teóricas da produção de Narloch e de outros autores da História Pública brasileira. Para o leitor que queira conhecer esse debate, uma sugestão é começar  pela leitura do artigo de Jurandir Malerba, cuja referência bibliográfica completa, tal como os demais autores abaixo citados, encontra-se ao final do presente texto.

A análise que desenvolvi é de natureza metódica. Li os capítulos do “Guia politicamente incorreto da história do Brasil” e consultei as fontes utilizadas, mostrando as lacunas e manipulações das  interpretações originais.

A noção de “verdade” em História relaciona -se a esses procedimentos. É preciso compreender o contexto de produção da fonte e seu conteúdo. Reconhecer que o relato histórico é sempre uma aproximação do real não significa que afirmações absurdas têm o mesmo valor das análises honestas. 

Tendo em vista que o livro foi publicado em 2009, evitei utilizar referências bibliográficas  posteriores a essa data. 

Para cada capítulo ou tema, sem dúvida, haveria centenas de referências complementares, mas não sobrecarreguei o texto com citações, o que afastaria a maioria dos leitores. 

Cabe também esclarecer a razão dessa resenha tardia, quase dez anos após o lançamento do Guia. 

A razão disso é a percepção de que as aberrações e preconceitos afirmados no livro de  Narloch estão sendo assimiladas como “conhecimento”, o que implica no risco de chegarem às salas de aula.

É preciso, portanto, que a comunidade acadêmica se manifeste mais incisivamente a respeito dos riscos desse tipo de pseudo-história. Essa resenha é apenas uma pequena contribuição nesse sentido. Espero que ela estimule outras iniciativas semelhantes e mais abalizadas.







Receba atualizações no seu Email:

Desenvolvido por ACH
 Receba nossas postagens diretamente no seu celular. Basta enviar uma mensagem pelo WhatsApp com seu nome para - 55 91 981827693, e pronto.


****Faça uma doação de qualquer valor para o Acervo Histórico****
PRECISAMOS DO SEU APOIO!
  1. Banco do Brasil - Agência 1846-5 Conta 43.731- 0
  2. Faça sua doação através do PayPal no valor de 14,00 reais, mensalmente, bastando autorizar pelo debito automático em conta corrente, ou pelo seu cartão de crédito e, após 12 meses, receba em sua casa um lindo presente do Acervo Histórico.
    Seu gesto de solidariedade permitirá desenvolvermos novos projetos para acesso de forma gratuita a todos.
    Link para doação
     - https://goo.gl/R3XjYh
      Nossas redes sociais     

Posts Relacionados Plugin for WordPress, Blogger...